Brasília | Notícias de Fato
Category

Brasília

unnamed (5)

Quermesse do Templo Budista de Brasília completa a 44º edição

By | Brasília, Destaques | No Comments
unnamed (5)Está chegando ao terceiro fim de semana a tradicional Quermesse do Templo Shin Budista de Brasília, com ampla programação cultural e gastronômica para os novos e antigos apaixonados pela filosofia budista e tradições orientais. A festa, que chega à 44ª edição neste ano, tem como tema Alegria e Esperança na Terra Pura. “Para você ter esperança em um mundo melhor, você tem que sentir alegria, para que esta alegria tenha continuidade ou tenha reiteração. Alegria, e que seja verdadeira, porque faz bem a si próprio, assim como faz bem aos outros”, explicou o monge Shôjo Sato, responsável pelo templo.

A Quermesse do Templo Budista vai oferecer uma intensa programação cultural e completa experiência de imersão nos costumes ligados ao oriente. Todos terão oportunidade de viver de perto algumas das belezas da arte oriental e as delícias da culinária japonesa e chinesa, entre outras. Os salões do Templo Terra Pura vão se encher com sons e cheiros espetaculares, com a apresentação de grupos de danças tradicional (Bon Odori), artes marciais e músicas típicas do Japão, além de apresentações de taikô (tambor japonês). Também serão oferecidas oficinas de ikebana e origami, entre outras. Um dos pontos fortes da quermesse é também a culinária tradicional: ninguém vai querer perder esses sabores já reconhecidos e respeitados em terras brasilienses.

O horário de realização da festa será de 17h às 22h, todos os sábados e domingos de agosto. O valor da entrada é de R$10 e R$5 (meia-entrada, mediante doação de um quilo de alimento não perecível, exceto sal). Os alimentos arrecadados serão distribuídos a entidades que atendem população de baixa renda no Distrito Federal.

Templo Budista Terra Pura

Inaugurado em 1973, o Templo Shin Budista Terra Pura de Brasília é considerado Patrimônio Histórico e Cultural de Brasília. A história do Templo Budista de Brasília começa em 16 de junho de 1958, quando representantes da comunidade budista nipo-brasileira entregaram ao então presidente Juscelino Kubitscheck a solicitação para a cessão de uma área no Plano Piloto para a construção do Templo Honpa Hongwanji na Capital Federal.

Ao longo de anos de muito trabalho, manter as atividades do templo com um número relativamente reduzido de famílias japonesas em Brasília começou a impedir a arrecadação de doações suficientes. O que fazer então? Foi assim que a Quermesse Budista nasceu. As comemorações passaram a chamar atenção de toda comunidade de Brasília que, sem distinção, passou a frequentar as festas de agosto no templo. Hoje o Urabon de Brasília, conhecido como a Quermesse do Templo Budista, é uma festa tradicional da cidade, que consta no calendário oficial de festividades e recebe mais de dez mil pessoas nas oito ou dez noites de agosto.

A história por trás da festa

A quermesse é uma adaptação brasileira do Urabon – também chamado Obon, ou apenas Bon, em japonês –, um costume budista japonês para homenagear os antepassados falecidos. A festa teve origem na palavra sânscrita “ullambana”, que significa “pendurar de cabeça para baixo”, numa metáfora ao grande sofrimento.

A origem da cerimónia é descrita no Sutra Ullambana. Segundo o texto, Maudgalyayana, um discípulo de Buda, utilizou poderes sobrenaturais para observar a sua falecida mãe e descobriu que ela passava por sede e fome no Reino dos Fantasmas Famintos. Maudgalyayana então ofereceu-lhe água e comida para aliviar o seu sofrimento, mas tudo foi transformado em fogo antes que ela pudesse recolher.

Preocupado, o discípulo procurou ajuda de Buda sobre como libertar sua mãe daquela situação. Buda sugeriu que ele oferecesse dádivas aos monges budistas que participavam de retiro naquele período para que a mãe recebesse parte das oferendas. Assim fez Maudgalyayana, seguindo as instruções de Buda, e sua mãe pôde receber alimentos e bebidas e ser libertada da dor de permanecer no Reino dos Fantasmas Famintos.

Serviço

Quermesse do Templo Shin Budista da Terra Pura de Brasília
Quando?
 Todos os sábados e domingos de agosto, das 17h às 22h.
Onde? Templo Shin Budista de Brasília (EQS 315/316)
Ingressos: R$ 10 inteira ou meia R$5 (meia-entrada garantida por Lei, além de meia-entrada oferecida a visitantes que doem 1kg de alimento não perecível, exceto sal)
IMG_4194

Homem mais bonito do DF será eleito neste sábado (12), em Ceilândia

By | Brasília | No Comments

Os concorrentes ao Mister Brasil Universo DF disputarão a faixa neste sábado, às 18h, no JK Shopping em Ceilândia. São cerca de 15 candidatos de diversas regiões administrativas. O eleito representará o DF no concurso nacional que será realizado em novembro na capital federal. Entrada franca

Cerca de 15 candidatos irão participar da grande final do concurso Mister Brasil DF Universo que será realizado neste sábado (12), às 18h, no JK Shopping. O escolhido que passar pelo crivo do júri e fazer bonito na passarela irá representar o Distrito Federal no concurso nacional, que será realizado em novembro na capital federal.

 O idealizador do concurso Ralph Santos conta que o evento é o mais importante do país no segmento masculino. “Nosso diferencial entre os outros concursos é nosso compromisso e engajamento em causas sociais. Neste ano trabalhamos com a inclusão dos cadeirantes que foi um grande sucesso. O representante que será escolhido na noite deste sábado terá uma grande responsabilidade de representar o DF na sua própria casa, já que o concurso nacional será realizado em novembro na cidade”, ressalta o idealizador.

 A proposta do concurso é também que o vencedor se torne representantes das causas dos direitos e garantias da pessoa com deficiência física no DF, onde promoverão ações ligadas aos direitos e desenvolvimento social do cadeirante. O evento é realizado por parceiros e voluntários de vários segmentos da sociedade e não tem nenhum cunho partidário, financeiro ou político e conta com o apoio do Governo do Distrito Federal, na pessoa do Vice-Governador, da Esmalteria Nacional de Vicente Pires e Linhas da Cobo, da loja The Girls e Do Céu Noivas, além de parceiros na área de eventos e profissionais de saúde.

 Ensaio

Sexta-feira (11), às 18h, JK Shopping

FINAL

O quê: Mister Universo Distrito Federal 2017, 12 de agosto, a partir das 18h,

Quando: a partir das 18h

Onde: JK Shopping em Ceilândia

Quanto: Entrada franca

Classificação Indicativa: Livre para todos os públicos.

Contato: 984535336

http://www.festivaldabelezauniverso.com.br/

 

banner-site-02

A maior feira pet de Brasília espera 100 mil visitantes

By | Brasília | No Comments

Os amantes dos animais já podem se programar: de 11 a 13 de agosto, o Pátio Brasil recebe um evento voltado para eles. É a 3ª edição do consagrado Brasília Pet Show, uma grande feira para apresentar os lançamentos para os bichos de companhia (cães, gatos, aves, répteis e peixes), além de apresentações, palestras e conscientização com ONGs protetoras.

Com entrada gratuita, a ideia deste ano, com a vinda do evento para a área externa do Pátio Brasil, é superar os 100 mil visitantes, como aconteceu em 2015, ocasião em que o Estádio Nacional Mané Garrincha recebeu 104 mil pessoas em dois dias de evento. Serão 3.000 m² de área ocupada por cerca de 100 estandes de expositores, palcos para pequenas apresentações e palco na Praça Central do shopping para as atrações principais.

O evento é organizado pela Associação Brasil Pet Show, instituição sem fins lucrativos e responsável por promover o segmento pet no DF. “A proposta é o Brasília Pet Show ser uma grande feira voltada para a família. O brasileiro é apaixonado por animais, somos a quarta nação com o maior número de pets e o DF se destaca nesse cenário por ter uma das maiores relações animal por habitante do país. Os donos de pets estão preocupados em oferecer o melhor tratamento para o seu melhor amigo”, explica Leonardo Buzzi, presidente da Brasil Pet Show.

Entre as atrações em destaque estão as apresentações dos cães de trabalho das polícias e dos profissionais em show dog, as demonstrações de agility, de répteis, de aves exóticas e de rapina e o desfile pet fashion. Outro destaque é o encontro de raças de cães, que reunirá centenas de pessoas em torno de uma raça em comum. Estão previstos diversos encontros durante o evento.

Já aqueles que querem aprender um pouco mais sobre o tema, durante a feira serão oferecidas pequenas palestras totalmente gratuitas com renomados especialistas que abordarão temas como saúde, nutrição, tecnologia, práticas de criação e lançamentos de novos produtos. “Preparamos três dias com atrações especiais ocorrendo todo o tempo para os aficionados por animais e com propostas que agradem toda a família, principalmente as crianças. O objetivo final do Brasília Pet Show é aproximar as pessoas do mundo animal”, ressalta Leonardo.

Em breve a programação completa do evento estará no site www.brasiliapetshow.com.br

avo_neto

IMEB lança nova campanha institucional

By | Brasília, Saúde | No Comments

Com o slogan “Cuide-se! Seus melhores momentos precisam de você”, a ação tem como foco a prevenção e os cuidados com a saúde

O IMEB (Imagens Médicas de Brasília) lançou essa semana uma nova campanha publicitária institucional. Com o slogan “Cuide-se! Seus melhores momentos precisam de você”, a clínica de Medicina Nuclear e de Radiologia visa chamar a atenção para a prevenção e para os cuidados com a saúde. Quem assina o conceito do trabalho é a Proativa Comunicação.

Na prática, a campanha se utiliza de cenas do cotidiano e de lazer vivenciadas entre membros de diferentes gerações de uma família: pais, mães, filhas, filhos, avós e netos. “Nosso objetivo é destacar que, para usufruirmos dos momentos simples da vida, precisamos estar saudáveis. Para isso, é necessário ficarmos atentos aos cuidados com nosso corpo e nos dedicarmos à prevenção”, explica o médico nuclear e diretor do IMEB, Dr. Renato Barra.

As peças trazem ainda o protagonismo de um casal homoafetivo e sua filha, como parte integrante de uma sociedade, cujo respeito às diferenças deve ser regra. Dessa forma, segundo o diretor de arte da agência, Vinícius Souza, a campanha busca mostrar que, para além dos cuidados com o corpo, a saúde de uma sociedade também está relacionada com a aceitação da diversidade. “O respeito ao outro é um princípio elementar neste movimento de construção de uma sociedade menos hipócrita e mais colaborativa”, ressalta.

A campanha do IMEB circulará nos principais veículos de comunicação de Brasília – impressos, rádios, sites, bem como em busdoors, painéis e frontlights, além das redes sociais da instituição.

Foto: Tony Winston/Agência Brasília

Polícia Militar do DF recebe 145 viaturas

By | Brasília, Destaques | No Comments

Rodrigo Rollemberg fez a entrega simbólica nesta terça-feira (8), na Praça do Buriti. Operação Brasília, lançada hoje, vai direcionar os novos veículos para pontos de maior sensação de insegurança no DF

Cento e quarenta e cinco novas viaturas vão reforçar e modernizar o trabalho da Polícia Militar do Distrito Federal, que já conta com uma frota de 3,5 mil veículos, entre motos, carros, ônibus e aeronaves.

Governador de Brasília, Rodrigo Rollemberg, fez a entrega simbólica nesta terça-feira (8), na Praça do Buriti das 145 viaturas para Polícia Militar do Distrito Federal.
Governador de Brasília, Rodrigo Rollemberg, fez a entrega simbólica nesta terça-feira (8), na Praça do Buriti, das 145 viaturas para Polícia Militar do Distrito Federal. Foto: Tony Winston/Agência Brasília

O governador de Brasília, Rodrigo Rollemberg, fez a entrega para a corporação em cerimônia na Praça do Buriti na manhã desta terça-feira (8).

“Essa é uma garantia da melhoria das condições de trabalho da Polícia Militar para manter os bons números e aumentar a sensação de segurança.”

Rollemberg ressaltou os índices positivos alcançados pelo Viva Brasília —Nosso Pacto Pela Vida. “Tivemos, no primeiro semestre deste ano, o menor número de homicídios desde 2000 e, no ano passado, a menor taxa de homicídios por 100 mil habitantes dos últimos 23 anos, além da redução de todos os índices de crimes contra o patrimônio em julho”, listou.

O secretário da Segurança Pública e da Paz Social, Edval Novaes, também destacou a redução nos índices de diversos crimes e disse que o governo vai “começar a combater a sensação de insegurança com mais ênfase a partir desta entrega”.

Viaturas são equipadas e adaptadas para a atividade policial

As viaturas são do modelo Toyota Corolla e equipadas com câmbio automático CVT de oito marchas, duas baterias, sete airbags, rotolight com lâmpada de LED e equipamento de rádio com rastreador GPS.

O comandante-geral da Polícia Militar, Marcos Antônio Nunes, disse que os 145 carros garantem melhores condições de trabalho, pois são “mais ágeis, rápidos e eficientes, têm ergonomia e tecnologia embarcada”.

O investimento foi de R$ 14,5 milhões, para todas as regiões administrativas. O valor de mercado de cada carro, não equipado, é de R$ 105 mil. As viaturas custaram ao governo, com adaptação para a corporação, R$ 100,3 mil cada uma.

“A licitação respeitou o princípio da economicidade. Recebemos os melhores equipamentos, com as melhores características, pelo menor preço”, observou o chefe do Centro de Comunicação Social da Polícia Militar do DF, coronel Helbert Borges.

O governador enumerou outras entregas, como a distribuição de 5 mil rádios e 3 mil coletes balísticos, a criação do Batalhão de Motopatrulhamento Tático, a compra de caminhões para a cavalaria e de macacões com airbags para policiais motociclistas.

Operação Brasília é lançada para potencializar policiamento

Por meio da Operação Brasília, lançada hoje, o governo definiu pontos que vão receber o reforço das novas viaturas. O critério usado foi cobrir as áreas que passam maior sensação de insegurança para a população.

A ação visa melhorar a mobilidade urbana e potencializar a ostensividade do policiamento diário feito pela Polícia Militar do DF. Os locais podem ser reavaliados por demanda da comunidade.

Créditos: Agencia Brasília

17883903_130397957499218_2727009181512824497_n

Projeto Homeopatia para Todos oferta curso de Terapeuta Homeopata no DF

By | Brasília, Saúde | No Comments

O projeto Homeopatia para Todos começou em 1986, com o objetivo de atender, prioritariamente, comunidades carentes no entorno de Brasília. Contudo, desde 1990, o idealizador do projeto, professor Milton Bezerra de Sousa tem direcionado os atendimentos às comunidades estudantis de baixa renda e há cerca de sete anos vem ampliando o projeto para todas as escolas de Brasília.

Em todos estes anos, o projeto já realizou mais de 100.000 atendimentos. Se mantendo sem nenhum auxílio oficial do governo, apenas pelo pagamento das mensalidades dos cursos, consultas particulares, colaborações e doações voluntárias. O programa é direcionado para a comunidade estudantil (alunos – e familiares; servidores e professores) do Guará I, mas atende também pessoas de outras Regiões Administrativas de Brasília como Águas Claras, Candangolândia, Ceilândia, Estrutural, Núcleo Bandeirante, Taguatinga e Vicente Pires, Asa Sul e Itapoã.

Atualmente, o uso da homeopatia tem ajudado a equilibrar e reestruturar o ser humano, estimulando a compreensão sobre os seus benefícios e permitindo utilizar esse ramo da ciência a favor de interesses como: entender uma enfermidade ou patologia presente no organismo; o tratamento de doenças ou dependências com medicamentos mais naturais, que aliam a utilização da energia de cada composto químico às inovações da ciência; a adoção de um estilo de vida saudável por meio de compostos homeopáticos; além do autoconhecimento ou profissionalização na área.

Segundo o coordenador do projeto dr. Milton, com o aumento da demanda, eles viram a necessidade de capacitar pessoas para atuarem no projeto por meio do curso de Formação de Terapeuta Homeopata – Não médico. “Atualmente concluímos a 11ª turma em dezembro de 2016.  E iniciaremos a 12ª turma em agosto. Já foram mais de 450 alunos que se capacitaram na função de Terapeuta Homeopata, entre psicólogos, médicos, enfermeiros, nutricionistas, fisioterapeutas, fonoaudiólogos, advogados, professores, militares, donas de casa e estudantes, dos 18 aos 85 anos,” afirma.

O local das aulas será na Fundação José de Paiva Netto, SGAS 915, Lote 74 B, Asa Sul, Brasília/DF. A referência é a LBV – Templo Boa Vontade. Sempre no primeiro sábado de cada mês, das 8h30 às 18h00.  O curso terá duração de dois anos e meio e termina em dezembro 2019. De acordo com uma das idealizadoras Maria Lúcia, após o curso serão oferecidos aos participantes estágio dentro do projeto “Homeopatia Para Todos”, e prática na farmácia Farmagreen, parceira do projeto.

De acordo com o idealizador, o curso Formação de Terapeuta Homeopata – Não médicos, busca oferecer embasamento teórico-prático com uma visão holística e espiritualista para os que já trabalham ou pretendem trabalhar na área de Terapia Integrativa. “É necessário que os alunos tenham uma visão que vá além do campo teórico, das informações técnicas, que conquistem um olhar crítico e renovador, que tenham um entendimento maior sobre a real condição existencial humana e que, por isso, possam oferecer mais do que paliativos ou pretensas curas milagrosas, por isto tudo, estaremos trabalhando de forma especial a disponibilização de profissionais que possam oferecer às pessoas que se mostram cansadas, decepcionadas ou descrentes da chamada medicina oficial (alopatia) e que, por isto, buscam alternativas mais naturais, holísticas e de menor custo para cuidar de sua saúde”, explica o condutor do curso professor Milton Bezerra de Sousa.

Marcelo Camargo/Arquivo/Agência Brasil

AGU recorre de nova liminar que suspendeu aumento de combustíveis no país

By | Brasília, Economia | No Comments

A Advocacia-Geral da União (AGU) informou, no início da tarde de hoje (4), que entrou com um recurso no Tribunal Regional Federal da 2ª Região (TRF2) para tentar derrubar uma liminar da Justiça Federal no Rio de Janeiro que suspendeu em todo o país, pela segunda vez, o aumento de impostos sobre os combustíveis.

Ontem (3), foi divulgada uma decisão do juiz federal Ubiratan Cruz Rodrigues, da 1ª Vara Federal de Macaé (RJ), determinando a suspensão imediata do aumento do preço dos combustíveis em todo o país.

O magistrado atendeu a uma ação popular contra os efeitos do decreto assinado pelo presidente Michel Temer, no último dia 20, que aumentou as alíquotas do Programa de Integração Social (PIS) e da Contribuição para o Financiamento da Seguridade Social (Cofins) incidentes sobre a gasolina, o óleo diesel e o etanol.

A ação foi aberta pelo advogado Décio Machado Borba Netto, que usou os mesmos argumentos que levaram a Justiça Federal do Distrito Federal a suspender o aumento pela primeira vez, no final de julho. Ele sustentou que a alta de impostos não poderia se dar por decreto, mas somente por projeto de lei aprovado no Congresso, e que mesmo após a sanção tal aumento somente poderia vigorar após 90 dias, conforme determina a Constituição.

A liminar da Justiça Federal no Rio é a terceira decisão determinando a suspensão do aumento dos tributos sobre combustíveis. Além da Justiça Federal em Brasília, a Justiça da Paraíba havia suspendido o aumento, embora somente no estado. Esta decisão também foi suspensa após recurso da AGU.

A Advocacia-Geral da União usa argumentos econômicos para justificar a medida do governo, defendendo a legalidade do aumento de impostos por ser “imprescindível” para o equilíbrio das contas públicas. O órgão estimou em R$ 74 milhões o prejuízo diário aos cofres da União com a interrupção da cobrança.

A expectativa do governo é arrecadar mais R$ 10,4 bilhões com o aumento do PIS/Cofins sobre os combustíveis, de modo a conseguir cumprir a meta fiscal de déficit primário de R$ 139 bilhões para este ano.

Alíquotas

O reajuste nas alíquotas do PIS/Cofins sobre a gasolina, o diesel e o etanol foi determinado por meio de decreto presidencial no dia 20 de julho. A alíquota subiu de R$ 0,3816 para R$ 0,7925 para o litro da gasolina e de R$ 0,2480 para R$ 0,4615 para o diesel nas refinarias. Para o litro do etanol, a alíquota passou de R$ 0,12 para R$ 0,1309 para o produtor. Para o distribuidor, a alíquota, antes zerada, aumentou para R$ 0,1964.

Foto: Marcelo Camargo/Arquivo/Agência Brasil

Brasília - Nádia Costa amamenta a filha Rafaela Costa. A secretaria de Saúde do DF e o Metrô-DF promovem atividades na estação Galeria para combater a repressão à amamentação em público e estimular o aleitamento materno.(Marcelo Camargo/Agência Brasil)

Campanha no metrô de Brasília incentiva mulheres a amamentar em público

By | Brasília | No Comments

A Secretaria de Saúde do Distrito Federal (DF) promoveu hoje (3), na Galeria dos Estados, uma das estações do metrô de Brasília, a Hora do Mamaço. É a sexta edição do evento, que integra as comemorações da Semana Mundial de Aleitamento Materno no DF e o Agosto Dourado, período em que se procura fazer com que as mães sintam-se à vontade para amamentar, sem se acanhar diante do julgamento de estranhos.

Ao falar sobre o mamaço, a coordenadora do Programa Metrô Solidário, Lívia Vasco, lembrou a responsabilidade social do metrô. “Nesta campanha, a intenção é divulgar a importância do aleitamento materno, de respeitar os espaços para que as mulheres possam amamentar os filhos.”  Lívia ressaltou que toda mudança de cultura enfrenta resistência em alguns grupos e que, por isso, o mamaço é uma ação importante para que a sociedade perceba que este é um direito da criança. “É o direito à alimentação”, afirmou.

Já repreendida por outra mulher, em um shopping, a arquiteta Karina Cavalcante, mãe de Íris, de 1 ano, disse que sempre amamentou a filha em público. “Eu não tinha pudor, embora as pessoas tenham”. Karina, que hoje trabalha com a confecção de slings (peças de tecido que transpassam o colo e as costas da mãe, facilitando o transporte da criança), é também doula (mulher que auxilia outra mulher durante a gravidez, o parto e o pós-parto) e participa de discussões sobre o aleitamento.

“Sempre vejo relatos parecidos com o meu. Acho difícil uma solução, porque depende de como cada um foi educado, mas movimentos como o mamaço ajudam a fazer com que as pessoas vejam que a amamentação em local público é normal”, afirmou Karina.

O publicitário Matheus Esperon também considera necessárias campanhas para valorizar a amamentação em si. Para o publicitário, a campanha deve ser voltada para as mães e também pensada para conscientizar os homens de que é algo completamente natural. “Fazer textão no Facebook – não tenho nada contra, pelo contrário – é legal e pode impactar, mas, definitivamente, não vai atingir uma parcela relevante de quem precisa. Talvez campanhas do governo sejam uma solução bacana.”

“Pessoas que dizem que as mulheres deveriam se cobrir durante o ato de amamentar deveriam experimentar almoçar com um pano cobrindo a cabeça e o próprio prato, para ter um mínimo de noção do absurdo de uma sugestão dessas”, afirmou Esperon.

O constrangimento gerado por olhares que chegam a sexualizar as mães tem como forte componente a cultura do país. Três dias no Brasil já foram suficientes para que a pediatra moçambicana Sônia Bandeira se impressionasse com o desassossego que a situação causa em muitas pessoas. “Vi isso no Brasil e fiquei horrorizada. É um absurdo! Em Moçambique, as mulheres são livres para amamentar onde quiserem. Simplesmente, não há espaço para esse comportamento. Não é justo privar a criança de alimento. Lá, há leis do governo que determinam a lactação exclusiva durante os primeiros seis meses de vida.”

“A gente acaba recebendo influência norte-americana. Nos Estados Unidos, há pouca amamentação, e as mulheres amamentam em locais fechados. Nós temos uma liberdade maior, mas ainda existe muito constrangimento”, destacou a coordenadora do Programa de Aleitamento da Secretaria de Saúde, Miriam Santos.

Miriam citou um levantamento feito em São Paulo com consultas a passageiros do metrô. “Muitas pessoas declararam ficar envergonhadas. E a surpresa: a maior parte que revelou isso era de mulheres. Então, a gente precisa empoderar nossas mulheres. Ninguém questiona [a nudez] do carnaval, mas amamentar em público incomoda.”

Para atrair mais público ao evento, a organização decidiu unir à ação a oferta de serviços como shantala, uma modalidade de massagem para o bebê, a aferição de pressão intraocular, testagem de tipo sanguíneo e de nível glicêmico. As equipes de orientação às lactantes e as que fazem os exames estarão disponíveis até as 18h. Para sábado (5), está previsto um novo mamaço, organizado no shopping Pátio Brasil, das 15h às 18h.

Na próxima semana, o governo do Distrito Federal deve iniciar a distribuição de kits de amamentação, compostos por um recipiente plástico e uma cartilha contendo orientações, em duas estações do metrô de Águas Claras, uma da Asa Sul, uma de Ceilândia e outra remessa em Samambaia.

A secretaria convidou as mães assistidas pelos postos de coleta de leite humano de Samambaia, região administrativa do DF, para participar do mamaço, oferecendo transporte, mas o grupo não compareceu. No evento, houve também com uma apresentação de sling dance.

Restrições na amamentação

No Agosto Dourado, destacam-se ainda as vantagens do aleitamento para o bebê e a mãe.Um dos benefícios é a redução de suscetibilidade da criança a infecções. Segundo a revista médica britânica The Lancet, a cada ano, 820 mil vidas poderiam ser salvas com a melhoria das práticas do aleitamento.

Um documento da Sociedade Brasileira de Pediatria (SBP), lançado na última terça-feira (1º), comprovou que, diferentemente do que se apregoa, mulheres com quadro de doenças bacterianas, parasitárias ou virais não precisam interromper a amamentação para evitar a contaminação de seus filhos.

Foi descoberto que, quando o diagnóstico é de febre amarela, Influenza e infecção por herpes, não há necessidade de desmame. Quando a mãe sofre de doenças diarreicas, embora se pense que a suspensão da amamentação é recomendável, não é verdade. No caso de infecções graves, como meningite, osteomieliete e septicemia, exige-se interrupção temporária, de 24 a 96 horas, após o início do tratamento.

A contraindicação da amamentação é mantida, porém, nas fases agudas da doença de Chagas, já que o parasita pode ser transmitido para o leite. A SBP divulgará mais três estudos ao longo deste mês.

Edição: Nádia Franco
cinema-2556157_960_720

Aprovada lei que permite o consumidor entrar no cinema com comida

By | Brasília, Destaques | No Comments

O governador aprovou ontem (2) lei 5.931 que permite entrada de alimentos tanto em cinemas como em espaços de lazer

O governador Rodrigo Rollemberg aprovou ontem (2) a lei 5.931/17, permitindo que os consumidores entrem com alimentos comprados em outros estabelecimentos, como: cinemas, espaços de lazer e entretenimento cultural. Com iniciativa do deputado Cristiano Araújo para sancionar a lei, a proposta teve êxito sendo considerada pelo Supremo Tribunal de Justiça (STJ). No entendimento da justiça a prática era considerada abusiva, pois limita a liberdade de escolha do consumidor.

popcorn-1085072_960_720

Antes de ser sancionada a nova lei, quem fosse ao cinema e comprasse algo, a compra somente poderia ser feita nas lanchonetes do estabelecimento impedindo o consumidor de escolher o que comer, ou até mesmo procurar um lugar com o preço mais acessível.

Mesmo após a Associação Brasileira das Empresas Exibidoras Cinematográficas Operadoras de Multiplex (Abraplex) pedir ao Supremo Tribunal Federal que recorra da decisão a lei foi aprovada e o consumidor pode exigir seus direitos caso haja algum constrangimento nas portas dos cinemas.

Powered by themekiller.com