Instituto Bancorbrás reafirma apoio a ONG Reciclando Sons | Notícias de Fato

Instituto Bancorbrás reafirma apoio a ONG Reciclando Sons

By 12/09/2016Brasília
diretor-do-instituto-bancorbras-elimario-araujo-a-musicista-rejane-pacheco-e-o-vice-diretor-do-inst-bancorbras-jorge-tomio-credito-ana-silva

Durante a comemoração dos 15 anos do Instituto Reciclando Sons o diretor do Instituto Bancorbrás, Elimário Araújo Santos, e o vice-diretor, Jorge Tomio, reafirmaram o apoio que dão à ONG – Organização Não Governamental – desde a sua criação. “O Instituto Bancorbrás nos apoia desde o começo e é um dos parceiros que mais suporte tem dado ao trabalho que realizamos junto à sociedade”, diz a idealista do projeto e musicista Rejane Pacheco. O Reciclando Sons atende crianças e adolescentes da Cidade Estrutural em situação de vulnerabilidade social e baixa renda, contribuindo para a formação cidadã, o fomento à cultura e o desenvolvimento de habilidades socioeducativas.

Em homenagem aos 15 anos de existência do projeto, os alunos apresentaram, no Centro Cultural Banco do Brasil – CCBB, o musical “A Audição – Aquele instrumento é como eu”. Foram interpretados temas dos musicais da Broadway e Disney: Tarzan, O Fantasma da Ópera, O mágico de OZ, Mulan, Os Miseráveis, Anastácia, Marlyn Monroe e Mama Mia. O roteiro mostrou a fusão da música com o individuo e com o personagem que ele representa. O cenário das apresentações foi todo montado com materiais recicláveis, produzidos pelos integrantes do Instituto e familiares.

“Atuamos visando contribuir para a transformação social. Acreditamos que por meio da arte é possível incentivar o potencial de desenvolvimento dessas crianças e adolescentes. O IRS oportuniza que comunidades de periferia tenham outros conhecimentos e novas perspectivas, fomentando a inclusão social, um objetivo que nós também temos e desenvolvemos nas nossas ações. São iniciativas como essa que complementam a formação e a qualidade de vida da sociedade.”, diz o diretor executivo do Instituto Bancorbrás, Elimário Araújo Santos.

 

Sobre o Instituto Reciclando Sons

Criado, em 2001, pela musicista Rejane Pacheco, o Instituto Reciclando Sons (IRS) – uma Organização da Sociedade Civil de Interesse Público (OSCIP) – utiliza a música como instrumento inclusão social. Atende crianças e adolescentes, com faixa etária entre 9 e 16 anos, de uma das regiões mais carentes de Brasília, a Cidade Estrutural. Cerca de 2.600 alunos já foram atendidos pelo projeto, que tem como objetivo o desenvolvimento de habilidades socioeducativas, o resgate de valores culturais, a descoberta de novos talentos, a capacitação profissional e a redução da desigualdade social com a integração da música num processo interdisciplinar.

 

SOBRE O INSTITUTO BANCORBRÁS

Criado em 2008, o Instituto Bancorbrás atua como o agente de responsabilidade social das empresas Bancorbrás: turismo, consórcios e seguros. Entre seus principais objetivos estão o apoio ao desenvolvimento educacional e esportivo, capacitação de jovens e crianças, e realização de ações que promovam o voluntariado e o desenvolvimento sustentável.

Conheça mais: www.institutobancorbras.org.br

Leave a Reply

Powered by themekiller.com