Pixel: dança contemporânea na TV Brasil | Notícias de Fato

Pixel: dança contemporânea na TV Brasil

unnamed-8

Espetáculo de dança gravado no Theatro Municipal do Rio de Janeiro, é a atração da TV Brasil na noite de sexta

Às 22h de sexta-feira (23), a TV Brasil exibe “Pixel”, espetáculo que une projeções digitais em 3D à dança contemporânea, com ênfase para dança de rua. Apresentado pelo grupo francês Compagnie Käfig, Pixel expande a linguagem do hip-hop e faz um cruzamento de disciplinas: circo, artes marciais, artes plásticas, mas preserva as raízes sociais e geográficas de sua dança.

O espetáculo nasceu do conceito de união da dança às projeções digitais, da ideia de mesclar realidade e mundo virtual. A coreógrafa Marjorie Hannoteaux buscou esse diálogo entre dança e projeção em vídeo. “Nesse tipo de diálogo, a dança encontra seu lugar naturalmente. Ela (a dança) é colocada em destaque, não subjugada, e permite poetizar”, destaca.

“Pixel não conta histórias. É um espetáculo feito de imagens e o espectador conta para si as histórias que quiser”, explica o diretor artístico Mourad Merzouki. “Vivemos num mundo onde a tecnologia é extremamente importante. (…) Em Pixel, isso trouxe uma cenografia em 3D que pode mudar rapidamente, de um quadro a outro, o que dá uma dimensão espetacular.”

A tecnologia do digital coloca o homem no centro dos desafios tecnológicos. E o corpo, no coração das imagens. “Fiquei atento para que a tecnologia não subjugasse a dança. A tecnologia deve acompanhar a coreografia, mas não a dominar”, revela Merzouki.

Em Pixel, cada artista apresenta uma “brincadeira” própria, imersa em um mundo desconhecido, e compartilha a energia e o virtuosismo do hip-hop, mistura poesia e sonhos, para criar um show no encontro das artes.

À frente da Compagnie Käfig desde sua criação, em 1996, o francês Mourad Merzouki é coreógrafo de hip-hop e diretor do Centro Coreográfico Nacional de Créteil e Val-de-Marne. Além de Pixel, Merzouki assinou a coreografia em mais de 20 espetáculos, incluindo o “Käfig Brasil” (2012), que contou com 11 dançarinos cariocas e mesclou ritmos brasileiros e hip-hop.
Serviço

Pixel

Sexta-feira, 23 de dezembro, às 22h, na TV Brasil.

Duração: 86 min (68 min de espetáculo e 18 min de entrevistas exclusivas com o diretor artístico, técnicos, artistas e imagens dos bastidores).

Leave a Reply

Powered by themekiller.com