Mercado | Notícias de Fato
Tag

Mercado

unnamed (4)

Cinco passos para uma startup de sucesso

By | Destaques, Empreendedorismo | No Comments

Rodrigo Villar, CEO da maior revenda de software corporativo do Brasil, dá dicas para jovens empreendedores

Dados da Associação Brasileira de Startups (AB Startups) mostram que o Brasil acomoda hoje algo em torno de dez mil pequenas empresas em atividade e que 55% delas são comandadas por jovens entre 20 e 23 anos. No entanto, 40% delas decretam falência antes de completar dois anos.

Seja por falta de experiência, conhecimento de mercado ou pelo afã de botar logo a empresa pra funcionar, o fato é que muitos empreendedores de primeira viagem por vezes deixam de lado fatores fundamentais para a sobrevivência do negócio.

O CEO Rodrigo Villar elenca cinco dicas para jovens empresários.
1)  Ideia boa muita gente tem, mas morre na execução

Pode parecer óbvio, mas regularizar a empresa, com apoio de um contador, é o primeiro passo. Com a assessoria de um bom escritório de contabilidade, o empresário tem acesso a informações para que a tomada de decisões com base na legislação brasileira nas esferas federal, municipal e estadual trabalhem a favor do negócio. Não se preocupar com questões tributárias, por exemplo, pode minar a competitividade e o potencial de crescimento da empresa.

2)  A sobrevivência do dono entra na conta

Um bom plano de negócios não busca apenas gerar caixa e crescimento. Ele é melhor quanto mais realista for, levando em conta, desde o princípio, que os sócios precisam sobreviver da empresa.  Essa é uma questão fundamental, mas como o respeito à hierarquia administrativa e organizacional é igualmente prioridade para o sucesso, cada setor deve cuidar da sua área e os sócios só devem tirar dinheiro quando as contas da empresa estiverem 100% pagas. É importante ter em mente que todo empreendimento tem um tempo de maturação que exige sacrifício e paciência. Por isso, planejamento é tudo.

3)   Não guarde segredo, mas conte a quem interessa

Muitas vezes, o jovem empreendedor prefere guardar segredo sobre seu projeto por medo que roubem sua ideia ou que o desencorajem com palpites e conselhos. Realmente, não há nada mais chato. Mas o pulo do gato é contar a quem se importa e pode colaborar com ações, expertises e relatos de experiências. Bons amigos, família próxima e uma rede de contatos confiável são excelentes para conversas e brainstorms que podem gerar estratégias e fazer o negócio acontecer.

4)  Facilitar para não atrapalhar

O endereço da empresa  deve ser muito bem pensado e estrategicamente analisado. Localidades de fácil acesso, com um bons entornos de bancos, cartórios, restaurantes, metrô, Correios etc, representam o pensar logisticamente inteligente do empreendedor e que impactará positivamente seus negócios e a produtividade da rede de funcionários, clientes e fornecedores.

5)  Palavra é palavra

Compromisso é para ser cumprido. E um jovem líder precisa saber disso. Desde o princípio, o business e as relações humanas dentro da estrutura corporativa devem se pautar por comprometimento, confiança e seriedade para com parceiros, vendedores, clientes e funcionários. Esse é o alicerce para a verdadeira e legítima reputação. Empresas e empresários que não cumprem palavras e compromissos não seguem adiante e ganham por vezes máculas indeléveis no mercado.

Fábrica Social, Agência Brasília3

Fábrica Social abre 1.400 vagas para capacitar profissionais

By | Destaques, Economia | No Comments

A Secretaria Adjunta do Trabalho do Distrito Federal abriu ontem (6/6), 1.400 vagas para a Fábrica Social – Centro de Capacitação Profissional. São oferecidas chances em diversas áreas para que o profissional se capacite para o mercado.São 1.000 oportunidades para têxtil e confecção de material esportivo, 150 para instalação e manutenção de painéis solares, 150 de produção e cultivo de alimentos saudáveis em meio urbano, 50 de marcenaria com madeiras recicláveis e 50 para construção civil.

De acordo com o secretário-adjunto do Trabalho, Thiago Jarjour, as vagas são uma oportunidade para quem quer se profissionalizar. “A Fábrica Social é uma excelente porta de abertura profissional. O governo pretende investir na capacitação desses novos trabalhadores para que o mercado receba-os melhor formados. Com isso, ganham tanto o setor privado quanto o público”, explica Jarjour.

As inscrições podem se feitas até 24 de junho, pela Central 156, opção 9, das 7h às 19h. Inclusive aos sábados e domingos, de 8h às 18h. Podem participar pessoas com cadastro para programas sociais do Governo Federal, com renda familiar per capta de até R$ 154, idade mínima de 16 anos, morar no DF, ter disponibilidade de até 6 horas de manhã ou à tarde.

Cinco por cento das vagas são destinadas a pessoas com deficiência, idosas e menores de idade reeducandos. O sorteio dos participantes será no dia 29 de junho. Não podem se inscrever quem já participou de algum processo de capacitação e qualificação da Fábrica Social.

LogoBagnews (002)

By | Destaques, Empreendedorismo | No Comments

Opções de franquias possuem taxa de investimento inicial entre R$ 6 mil e R$ 40 mil

De acordo com, o IBGE – Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística, mais de 11 milhões de trabalhadores estão desempregados. Desde que que o IBGE começou a fazer esse levantamento há quatro ano, essa é a taxa mais alta: 10,9% no primeiro trimestre.  Entre os jovens, na faixa dos 18 aos 24 anos, a taxa de desocupação saltou de 18,9% em janeiro para 20,8% em fevereiro. Uma das saídas para o desemprego é o empreendedorismo e, as microfranquias podem ser a porta de entrada para jovem empreendedor brasileiro. Para o valor do investimento inicial, que varia entre R$ 6 mil e R$ 40 mil, o futuro empreendedor pode usar a rescisão do trabalho anterior, juntar as economias ou até mesmo se aliar a outros familiares para conseguir o montante.

A área de tecnologia é uma das que mais cresce, mas para quem está começando e ainda não encontrou uma oportunidade no mercado, a DocSystem Corporation – líder no desenvolvimento de software de Gestão de Documentos, Conteúdo e Processos – oferece cinco modelos de microfranquias com investimentos que vão de R$ 6 mil a R$ 40 mil, são elas: DocScan, Express, Silver, Gold e Platinum. Com apenas R$ 6 mil é possível adquirir uma DocScan – franquia home office exclusiva para digitalização de documentos. A franquia fornece serviços de digitalização e indexação de documentos, além de comercializar os produtos DSCloud GED, ERP e CRM, DSExpress GED/ECM e Max Express GED, da DocSystem. A média de retorno é de apenas 7 meses e o faturamento do primeiro ano gira em torno de R$ 5 mil por mês, com lucro operacional estimado em 56% sobre os serviços e vendas dos produtos. “A DocScan é voltada para pequenos investidores que buscam um negócio rentável e seguro”, explica Lecivânia Martins, Vice-Presidente de Marketing e Vendas da DocSystem. Mais informações no site www.docsystemcorp.com

 

Para quem busca investir na área de comunicação, a opção é a BagNews – franquia especializada em publicidade regional em sacolas reutilizáveis e recicláveis, com investimento inicial entre R$ 10 mil e R$ 22 mil. De acordo com o sócio diretor da BagNews, Salvatore Privitera, ela é indicada ao jovem dinâmico e comunicativo, pois seu trabalho será comercializar os anúncios a serem veiculados nas sacolas, além de distribuí-las nos pontos previamente selecionados na sua região.  O prazo de retorno do valor investido é entre 8 e 12 meses, e o faturamento médio mensal fica em torno de R$ 24.500,00, com lucratividade bruta de 63%. A sacola BagNews é uma embalagem útil e ecologicamente correta, pois além de ser reutilizável, reciclável e biodegradável, é produzida com papel parcialmente reciclado e impressa com tintas à base de água; o veículo de mídia mais correto ecologicamente disponível no mercado de mídia impressa no Brasil. Mais informações acesse: www.bagnews.com.br

Powered by themekiller.com