Tecnologia | Notícias de Fato
Tag

Tecnologia

unnamed

Caixa de som de LED que dispara alertas de redes sociais atrai usuários

By | Brasil, Ciência e Tecnologia | No Comments

Interatividade na música digital com caixa de som portátil que disponibiliza informações em tempo real chega às lojas do Brasil

Quem vive conectado sabe muito bem da importância em estar alerta às atualizações da internet. E quando se fala em redes sociais, mais ainda. Receber prontamente a mensagem e responder com agilidade facilita a interação e engajamento do usuário. E até mesmo na hora de ouvir uma música, momento de relaxar, não podemos desligar de tudo. Por isso mesmo, a nova caixa de led portátil Aurabox, da Divoom é a sua aliada para todas as horas. Ouvir um som em qualquer lugar, e ao mesmo tempo estar conectado com as redes sociais, é a novidade no mercado da música digital. A tecnologia e diversão agora não têm barreiras. Isso porque a nova caixa Aurabox é um alto-falante diferenciado em formato de mosaico digital conectado via Bluetooth ao celular e tablet do usuário.

É só acionar o Bluetooth do celular que você já inicia a sincronização e a troca de informações. Quando alguma atualização chega no mural do Facebook do usuário, por exemplo, o mosaico digital alerta com o ícone da rede no led da caixa!

Sem contar que a Aurabox também avisa que você está recebendo uma ligação através do ícone que acende na própria caixa. Você pode atender a chamada, e a conversa pode ser viva-voz direto com da caixa de som.

E você também pode criar seus próprios desenhos e figuras através do aplicativo Aurabox para celulares e tablets. Faça a sua marca pessoal, uma arte que mais chame a sua atenção, desenhe com as próprias mãos direto na tela do aplicativo, ou escolha uma imagem da galeria que você quer que apareça na caixa. Use a imaginação. Com a Aurabox não existem limites para criar. A tecnologia vai além!

Mais características que apenas somam à qualidade e versatilidade da Aurabox: ela contém o display de led mais fino do mundo. A duração da bateria permite até seis horas de música sem parar. A potência de saída da caixa é de 5W. Som suficiente para reunir os amigos ou curtir as músicas preferidas na hora e lugar que você imaginar.

A Aurabox funciona como uma caixa de som multiúso: além de ser um alto-falante Bluetooth smart em formato de mosaico digital, pode ser usada como uma lâmpada, termômetro (a temperatura ambiente fica descrita no led da caixa), é também relógio digital, e pode ser utilizada como um despertador. Tudo em uma só caixa de som, controlada pelo smartphone. Uma experiência musical totalmente nova.

Tudo o que você imagina, agora em formato de música digital, diversão e versatilidade! Aurabox,da Divoom: a caixa de som mais inteligente do mundo – imaginação e design diferenciado da maneira mais envolvente.

download

Adobe divulga receita recorde de US$ 1,4 bilhão no segundo trimestre de seu ano fiscal

By | Ciência e Tecnologia, Destaques, Economia | No Comments

Forte adoção das soluções em nuvem da Adobe está entre os principais fatores que explicam o crescimento de 20% na Receita em relação ao ano anterior

Plataforma de marketing digital Adobe Marketing Cloud registra expansão de 18%, com receita recorde de US$ 385 milhões

A Adobe anuncia os resultados financeiros do segundo trimestre de seu ano fiscal de 2016, encerrado no último dia 3 de junho.

Destaques do balanço financeiro do segundo trimestre

·         A Adobe alcançou uma receita trimestral recorde de US$ 1,4 bilhão, representando um crescimento de 20% em relação ao ano anterior.

·         O lucro diluído por ação foi de US$ 0,48 em uma base GAAP e de US$ 0,71 em uma base não-GAAP.

·         A receita de segmento de mídia digital cresceu 26% em comparação com o ano anterior, alcançando o valor recorde de US$ 943 milhões, com receitas da área Criativa com um crescimento de 37% também com relação ao ano anterior, alcançando o valor recorde de US$ 755 milhões.

·         A forte adoção da Adobe Creative Cloud (nuvem criativa) e da Adobe Document Cloud (nuvem de documentação) impulsionou a Receita Recorrente Anualizada (“ARR”) de Mídia Digital, que chegou a US$ 3,41 bilhões no fim do trimestre, um aumento de US$ 285 milhões com relação ao trimestre anterior.

·         A Adobe Marketing Cloud registrou uma receita recorde de US$ 385 milhões, que representa um crescimento de 18% com relação ao ano anterior.

·         Com relação ao ano anterior, o lucro operacional cresceu 78% e o lucro líquido cresceu 66% em uma base GAAP; o lucro operacional teve um crescimento de 45% e o lucro líquido teve um crescimento de 48% em uma base não-GAAP.

·         O fluxo de caixa das operações foi de US$ 489 milhões e a receita diferida aumentou para US$ 1,68 bilhões.

·         A companhia recomprou aproximadamente 2,2 milhões de ações durante o trimestre, retornando US$ 205 milhões em dinheiro para os acionistas.

 

Documentos sobre os lucros, incluindo as observações preparadas pela gestão da Adobe com metas financeiras e dados do investidor, estão disponíveis no site de relações com os investidores da Adobe para serem usados como referências. Uma reconciliação entre os resultados dos lucros e metas financeiras GAAP e não-GAAP também será fornecida no site.

“As soluções de nuvem da Adobem estão fortalecendo a transformação digital das maiores marcas, agências governamentais e instituições educacionais globais do mundo”, disse Shantanu Narayen, presidente e CEO da Adobe. “Nossa receita recorde reflete nossa liderança de mercado e a demanda explosiva por soluções de experiência digital.”

“A receita recorde com um forte lucro e fluxo de caixa destaca nossos resultados do segundo trimestre”, disse Mark Garrett, vice-presidente executivo e CFO da Adobe. “Com base em nosso desempenho e momento do primeiro semestre do ano, estamos no caminho certo para atingir ou ultrapassar todas as nossas metas anuais do ano fiscal de 2016.”

 

IMG_2048

Encontro discute as novas tecnologias presentes na rotina das pessoas

By | Ciência e Tecnologia, Destaques, Saúde | No Comments

Especialistas das áreas de comunicação, mídias digitais e saúde interagem na Fnac do Park Shopping nos próximos dias 10 e 11

O Movimento ModerniCidade é um projeto de integração entre pessoas e as tecnologias que nos cercam, retratando a vida moderna em nossas cidades totalmente plugadas com a grande rede, vivendo na nuvem. Busca trazer um olhar sobre o uso da tecnologia que está na nossa mão, no smartfone, no tablet, no pulso, nos nossos carros, no metrô e em tudo o que nos rodeia. Descortinar uma internet das coisas, uma tecnologia inclusiva para uma população que vive e respira bits.
E onde esse movimento nasce? Numa das mais modernas cidades do mundo, onde a arquitetura de Niemeyer, os jardins de Burle Marx e a arte de Athos Bulcão nos rodeiam e permeiam nossa vida. A tão moderna Brasília, que foi invadida e compreendida pela nuvem da grande rede. Mas não é tecnologia pela tecnologia, e sim a modernidade dela que transforma vidas, tornando­-as melhores, mais ágeis, mais conectadas a outros em qualquer lugar do mundo quase que instantaneamente. É a modernidade que nos traz lembranças do que vale à pena, do que merece ser lembrado, que nos traz uma saúde melhor, que traz uma vida longeva, que aproxima a ciência da saúde pra perto das pessoas, pra vida cotidiana.  ModerniCidade é a vida que vivemos nessa cidade: moderna, pós­moderna, tecnológica, versátil, plugada, conectada ao mundo, mas cada vez mais conectada às pessoas.

Programação

10/06 – das 19h30 às 21h30
Apresentando o Movimento ModerniCidade, a instablogger Nath Braga (@nath.braga) traz o curso de mobgrafia (técnicas fotográficas para celulares) com a fotógrafa Jordana Barale, além de palestras sobre:

Alcançando a saúde para se tornar belo: Mais das tecnologias na Dermatologia, com a Dra. Carla Rosas, da Clínica RejU.
Efeito Manada: O fenômeno da viralização na web, com Adilair Silva, Administrador e especialista em negócios nas mídias sociais.
Tudo regado ao melhor do MPB com Jader Botelho.

11/06 – das 19h30 às 21h30
Dando continuidade ao lançamento do Movimento ModerniCidade, a instablogger Nath Braga (@nath.braga) traz uma nova turma do curso de mobgrafia (técnicas fotográficas para celulares) com a fotógrafa Jordana Barale, palestras sobre:

A beleza do bem-estar: Tecnologias inovadoras na saúde, com o Dr. Daniel Alexandrino, da Clínica RejU.
Socialholic: Somos todos viciados nas mídias sociais? Com Adilair Silva, diretor da DMND Systems, Administrador, empresário e especialista em negócios nas mídias sociais.
Tudo regado ao melhor do MPB com Kézia Lima.

Serviço:

Movimento ModerniCidade

Data: 10 e 11 de junho, das 19h30 às 21h30.

Presenças confirmadas: Nath Braga, Jordana Barale, Aderson Mendes, Dra. Carla Rosas, Dr. Daniel Alexandrino, Adilair Silva, Jader Botelho e Kézia Lima.

Local: Fnac Park Shopping – SAI/SO Área 6580 LUC 149, 71219900 – Brasília DF.

Classificação: Livre

Entrada Franca, com limitação de participantes para o curso. Garanta a sua vaga! http://migre.me/u2TBE

Estudantes apresentam em feira repelentes e inseticidas contra Aedes aegypti

By | Ciência e Tecnologia, Saúde | No Comments
Bruno Bocchini – Repórter da Agência Brasil
Aedes aegypti

Experiências para combater o mosquito Aedes aegypti são apresentados por alunos durante feira em São PauloDivulgação/Fiocruz

Experimentos de produtos que combatem o mosquito Aedes aegypti, desenvolvidos por estudantes, estão entre os destaques da 14ª edição da Feira Brasileira de Ciências e Engenharia (Febrace), que ocorre na Universidade de São Paulo (USP).

As irmãs Danielle Matos e Isabelle Matos, alunas da Escola Status Jardim Paulista, de Campo Grande (MS), desenvolveram um óleo à base de folhas de pitangueira – Eugenia uniflora – capaz de, segundo testes iniciais, repelir e matar o mosquito.

“A nossa ideia surgiu a partir de uma observação feita em casa. De quatro pessoas, só três pegaram dengue. Minha irmã, eu e meu pai. A minha mãe foi a única que não pegou. Na mesma semana, ela tinha trocado o perfume e começado a usar um à base da pitanga. Aí surgiu a ideia”, contou Danielle.

O produto aplicado em água parada reduziu em 85% a presença de ovos, mostrando um efeito repelente à fêmea do mosquito. O óleo também foi capaz de matar de 50% a 62,5% as larvas que nasceram dos ovos.

“A gente encontra um pneu em terreno baldio e, quando chover, esse pneu vai ser um possível foco do mosquito. A gente pinga algumas gotas lá dentro e o mosquito vem e não deposita seus ovos. E se depositar, o óleo vai matar na fase de ovo de larva, não vai virar mosquito”.

Segundo as estudantes, não é possível fabricar o óleo em casa, já que para isso seriam necessários solventes e equipamentos apenas encontrados em laboratórios. O produto ainda não foi testado para uso na pele humana. De acordo com as alunas, ainda são necessários mais estudos para a produção em larga escala.

O aluno Leandro Rastelli, da Escola Afonso Cafaro, de Fernandópolis (SP), buscou desenvolver um larvicida à base da planta Dieffenbachia picta schott, conhecida popularmente como Comigo Ninguém Pode. Os testes iniciais comprovaram que a toxicidade da planta também tem efeito sobre a larva, a pupa e o mosquito Aedes aegypti.

“A ideia é pegar a planta Comigo Ninguém Pode e fazer um inseticida natural, de fácil fabricação, que possa combater a larva, a pupa e também o mosquito. É um líquido, que seria colocado primeiramente em calhas e ralos, lugares difíceis para se combater a dengue e de difícil acesso às pessoas”, disse Leandro. Devido à toxicidade da planta, não é recomendado, no entanto, que as pessoas tentem produzir em casa, a partir do Comigo Ninguém Pode, qualquer tipo de produto para combater o mosquito.

A 14ª edição da Febrace começou nessa terça-feira (15) na Escola Politécnica da Universidade de São Paulo (Poli-USP), na capital. Estão em exposição 341 projetos de 752 estudantes dos ensinos fundamental, médio e técnico de escolas públicas e particulares de todo o Brasil, orientados por 476 professores. A exposição vai até o próximo dia 17.

“O mais importante não são os resultados, como chegar a um protótipo ou produto, por exemplo, mas todo o processo, as diversas etapas de investigação, reflexão, construção e observação necessárias para a execução dos projetos”, destaca a coordenadora da Febrace, Roseli de Deus Lopes, professora da Escola Politécnica da USP.

Os alunos com as pesquisas melhor avaliadas ganharão troféus, medalhas, bolsas e estágios, num total aproximado de 200 prêmios. Também concorrerão a uma das nove vagas para representar o Brasil na Feira Internacional de Ciências e Engenharia da Intel (Intel ISEF), que será realizada em maio, na cidade de Phoenix, no Arizona (EUA).

Adelmir Santana: “O nosso anseio é o de que Brasília encontre um caminho e gere cada vez mais riquezas. Foto: Divulgação

Fecomércio lança câmara temática para fortalecer setor de Tecnologia da Informação do DF

By | Ciência e Tecnologia, Destaques, Economia | No Comments

Adelmir Santana: “O nosso anseio é o de que Brasília encontre um caminho e gere cada vez mais riquezas. Foto: Divulgação

Com a finalidade de fortalecer o setor de tecnologia da informação de Brasília e torná-lo mais competitivo, a Federação do Comércio de Bens, Serviços e Turismo do Distrito Federal lançou na manhã desta terça-feira (15), em parceria com o Sindicato das Empresas de Serviços de Informática do Distrito Federal (Sindesei-DF), a Câmara Temática de Tecnologia da Informação e Comunicação da Fecomércio-DF. “O nosso anseio é o de que Brasília encontre um caminho e gere cada vez mais riquezas. O setor de TI é um segmento que envolve muitas empresas e negócios e que, certamente, quando bem estimulado pode nos dar bons resultados”, afirmou o presidente da Fecomércio, Adelmir Santana.

A criação da câmara temática, de cunho empresarial, tem o objetivo de discutir as principais dificuldades enfrentadas pelo setor, procurando encontrar soluções principalmente nas áreas de tributação, crédito, financiamento, comercialização, formação de recursos humanos e estímulos à inovação. O lançamento reuniu na Fecomércio o presidente da Frente Parlamentar de Ciência, Tecnologia, Pesquisa e Inovação do Congresso Nacional, deputado federal Izalci Lucas; a presidente da Frente Parlamentar de Ciência e Tecnologia da Câmara Legislativa, deputada distrital Liliane Roriz, o deputado distrital Wasny de Roure, empresários, diretores da Fecomércio e representantes do Serviço Nacional de Aprendizagem Comercial (Senac).

O empresário Marco Túlio Chaparro, segundo diretor financeiro do Sindesei, foi eleito presidente da Câmara Temática de Tecnologia da Informação e Comunicação da Fecomércio-DF. Chaparro afirmou que Brasília tem vocação para TI, pois a cidade tem um espaço reduzido, que não comporta grandes indústrias ou áreas de agricultura. “Atualmente, o nosso setor tem mais de cinco mil empresas. Hoje, o segmento de TI é responsável pela criação e inovação de vários outros setores. Nosso segmento permeia todos os outros e por isso precisa ter uma transversalidade, com foco na geração de trabalho e riquezas”, disse Marco Túlio.

O presidente da câmara salientou ainda a importância da criação de cursos que supram as lacunas de profissionais da área. Segundo ele, é necessário que se crie um modelo de negócio, onde a academia e o setor produtivo andem juntos. “Nos Estados Unidos já existe isso, um modelo que supre as demandas do mercado, com a intenção de gerar emprego e fomentar o mercado de trabalho. Essa câmara pode ser um ponto de partida para desenvolver trabalho que vão nesse sentido”, concluiu Chaparro.

Poder Legislativo

O deputado federal Izalci Lucas parabenizou a iniciativa da Fecomércio e falou de sua luta pelo fortalecimento do segmento. “Participei de dois governos como secretario de ciência e tecnologia, que foi um dos motivos para eu ir para câmara federal lutar pela educação e pela tecnologia, pois já conhecia os gargalos do setor”, disse. “Na Comissão de Ciência e Tecnologia, Comunicação e Informática da Câmara dos Deputados conseguimos aprovar o novo marco legal (Lei 13.243/16) que incentiva as atividades de pesquisa científica e prevê isenção e redução de impostos para importação de insumos nas empresas. Juntamos todos os partidos no sentido de avançar nessa área tão importante da economia do País”, informou Izalci.

Já a deputada distrital Liliane Roriz, afirmou que é necessário rediscutir programas, para que os responsáveis pelo segmento possam trabalhar, cada vez mais, juntos em prol da evolução da área de TI. “É um segmento muito forte. Sem tecnologia não há desenvolvimento, me coloco a disposição da câmara temática para que juntos possamos dar prioridade para a cidade digital, e criar projetos que visem à política de tecnologia social”, explicou Liliane.

O deputado distrital Wasny de Roure, destacou a relevância do setor e de cursos de profissionalização que fomentem a área. “Recentemente eu fiz monções honrosas a dois estudantes do Gama que construíram um aplicativo para que usuários de medicamentos não se esqueçam de tomar os remédios. Na ocasião, a professora dos garotos me disse o quanto isso é importante para eles na trajetória da construção de uma vida profissional. Por isso, temos que nos sensibilizar e incentivar os jovens para essa área tão importante para a economia”, ressaltou Wasny.

O presidente do Sindesei, Charles Dickens, disse que a câmara temática dará um apoio enorme para o segmento “É uma das iniciativas mais importantes para o nosso setor. Assim, esperamos conseguir agregar as vontades e os anseios para fomentar a tecnologia no DF”, disse. A Fecomércio também pretende lançar, em breve, uma Câmara Temática para discutir assuntos ligados ao turismo do DF.

 

Powered by themekiller.com